A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

sábado, 24 de janeiro de 2015

Nossa Humanidade

"Se Deus te desse só o amanhã pra sentir o que nunca sentiu, sentiria? 
Se de fato fosse mesmo o último adeus onde há de estar o seu amor? 
E assim, viva como quem soube que vai morrer 
Morra como quem um dia soube viver"



Hoje o assunto é sobre a maldade do ser humano, sobre o sentimento que se passa no coração em ver alguém sendo injustiçado. O que se fazer? O que você faria? Ficaria assistindo mesmo sabendo quem são os verdadeiros culpados? Ou falaria? Tomaria uma atitude? 

Nos chamamos de Seres Humanos, fazemos parte de uma Humanidade que significa a fraqueza própria do ser humano, a clemência, a compaixão perante as desgraças e as adversidades do outro, a afabilidade e a benevolência. Esses são os sentimentos que por sermos humanos todos deveríamos adquirir ao longo da vida. Essa construção de sentimentos bondosos criam nosso Caráter. Então só me diz o que acontece com o coração das pessoas que cometem traição, injustiça, maldade, humilhação? Onde foi meu Deus que essas pessoas perderam a humanidade, a compaixão diante da tristeza do outro? É difícil imaginar! Será se essas pessoas nunca sofreram injustiça na vida? Vai ver que não, senão saberiam a dor que causa o olhar de acusação de quem aponta o dedo na tua cara sem confiar em suas palavras. 

E aí você me pergunta: Quem somos nós pra julgar? Julgar um culpado ou um inocente? Eu sei, não temos esse direito, mas é de nossa natureza, ou pelo menos da minha natureza criar uma grande indiferença a quem só sabe fazer ou observar a maldade, peço perdão por isso, mas como diz aquela frase: "O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam o mal e deixam acontecer" Não há nomes a serem citados aqui, esse texto é apenas uma reflexão para que as pessoas comecem a buscar a humanidade que perderam, para que hoje em dia nos importemos mais com a vida do outro e com seus sentimentos.

Não é nada legal ver alguém sofrendo e ficar só olhando, mesmo que você não seja amigo, colega ou o que for. Eu sigo acreditando que bem aventurados são aqueles que tem compaixão não apenas por seus amigos, por sua família, mas por todos aqueles que estão ao seu redor, afinal Deus nos criou como irmãos e admita que você jamais cometeria qualquer falha com seus irmãos de sangue, então que tal elevar esse laço, não se permita cometer falha com qualquer pessoa. Eu sei, você não é perfeito, mas ao menos se falhar, reconheça. Desculpas sinceras e de coração também contam na definição de humanidade e de um bom caráter.