A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Amores Imperfeitos

"Mentira se eu disser que não penso mais em você 
E quantas páginas o amor já mereceu 
Os filósofos não dizem nada que eu não possa dizer"


E lá se foi mais um. Eu fiquei. Fiquei com as fotos rasgadas e as chaves nas mãos. Droga. Ele e essa coisa toda de não ser bom o suficiente, alguém por aí acaso faz as regras de como-ser-o-cara-certo? Essas coisas se sente. Eu devia ter feito um escândalo, gritado, chorado, implorado, chamado ele de babaca ou que fosse pra ter enfiado naquela cabeça dura que eu não precisava de homens incríveis, dos sonhos, de príncipes encantados, de caras perfeitos? Eles saberiam amar outra coisa que não eles mesmo? Você só precisava ser quem é. Eu tinha maior fé em você. Em nós. Na gente. Quem diria que você não seria capaz de enxergar que o teu jeito errado, bagunçado, reservado era o sinônimo de perfeito pra mim. No fim você se confundiu todo, não entendeu nada, assim como eu quando você pulou fora. 

Eu sei lá. Os amores e essa mania maluca de nunca ficar, não se fixar, existe essa pressa de beijar quantidade, ignorar qualidade, é, cada um com seus critérios. Gente que vai por não amar, por orgulho, por está de saco cheio da rotina, por brigar e tem os melhores: Aqueles que somem e depois avisam via whatsapp, sms, carta, recado na caixa postal ou por sinal de fumaça que já não estavam tão afim de continuar. Não tinha nada dessa história de não ser bom o suficiente porque tivemos um começo transparente e duramos juntos mais do que qualquer um dos nossos relacionamentos anteriores. Nós tínhamos companheirismo, amizade, confidências, sorrisos e amor, antes que você me contradiga, eu afirmo, tínhamos amor. No passado. Porque se ainda houvesse, eu sei, tenho certeza, você teria ficado.