A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Duas Vidas, Dois Amores


... Poucas páginas, mas ainda penso em você. Nem sei se sinto saudades. Depois de tantos anos não existe mais a lembrança do seu rosto ou mesmo daquele sorriso que você me dava toda vez que me via. Ou me revia. Você construiu a vida perfeita longe de mim, eu sempre a olho de vez em quando, é dessa forma que tenho a certeza de que nunca vou vê-lo voltando. Não impeço a minha imaginação: Como seria nossas vidas se você tivesse ficado? O que provavelmente deve soar engraçado.

Você nunca fez questão de ficar. Tudo bem, a frieza que mantive nessa relação foi o que deu forças pra continuar minha vida sem as conversas no fim de tarde e sem os abraços de cumplicidade depois de um dia cheio de trabalho. Você tinha todo o direito de ir embora. Eu jamais poderia evitar, eu sabia desde o começo que não seria pra sempre e não me arrependo. De nada. Depois de tantas conversas nós dois sabemos perfeitamente que você não amará outra mulher da forma que me amou. E eu nunca beijarei alguém da mesma forma que beijei você.



Eu tenho fé na força do silêncio!