A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Entre e Feche a Porta.


Meu mundo. Vou apresentá-lo a você. Ou pelo menos a parte que lhe cabe. Vamos juntar as mãos e passear um pouco pelas minhas emoções. Acalme-se. É tão simples. Entenda. Seus pensamentos e sentimentos estão tão confusos quanto os meus. Não há clareza, não é? Você tenta definir e não consegue. É só você fechar os olhos. Feche os olhos. O que você procura? Gratidão ou Amor? É aqui. Abra os olhos. Você vê? É bem aqui que não consigo me decidir. Por não saber o que você sente fico presa entre o “saia da minha vida” e o “eu vou esperar mais um pouco”. Ouça. Se eu pedir que você saia, eu sei, você vai sair, contra sua vontade, mas vai sair por não querer me machucar. Se eu esperar, será uma escolha minha, sem nenhuma esperança vinda de você.

É verdade. Você tem razão. Ali estou eu. Acordando pela manhã, encarando-me no espelho, ensaiando textos, frases cortantes e tentando interpretar improvisos. E Nada. É só apenas mais um dia em que irei pra cama com a frustração da frase “Por que não consigo?” Tão previsível, não acha? Admita agora, você nem queria vir. Mas não soube dizer não. Você se importa, admita isso também. Importa-se com esse mundo que você não conhecia. E é isso que faz com que você queira ficar. E o meu medo é que seja apenas isso.

Por que me pedir pra olhar em seus olhos? Não é aí que encontro sinceridade. Tome uma atitude sincera e não perca mais tempo. Daqui a algumas horas será tarde demais. E dessa vez, tarde demais pra você. Você pára e olha pra mim. Exatamente. Não posso ir com você. Eu solto sua mão e aponto por onde você tem que voltar. Já conheces o caminho, venha quando decidir ficar, caso contrário, não. Este lugar está bagunçado, preciso arrumá-lo. Por favor, não feche a porta quando sair. Se não houver retornos, haverá chegadas. Sempre.

(Essa é minha decisão).

Agora, é o seu mundo que precisa ser explorado por você.
É a sua vez.
Encontre-se
Decida-se.

Volte...