A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Alivio Imediato


As vezes o céu fica cinza quando a chuva cai. Eu sempre rezo com o Gessinger pra que essa mesma chuva me traga Alivio Imediato mediante a qualquer claridão ou escuridão dos meus dias tortos com configurações erradas. Já não sei se sou daqui, da lua ou mesmo do mar vivendo por segundo essa vida que insisto em dizer não ser a minha por parecer que quem a vive não seja exatamente quem sou. Tenho que concordar com aquele livro: "Como se eu já não tivesse sofrimento de sobra, participo voluntariamente de mil pessoas imaginárias, e sinto-os com tanta intensidade como os meus próprios". Deus, onde me encontro? Os lugares que ultimamente visito dentro de mim são cheios de dúvidas, incertezas, medos.

Observo através da janela e então fecho os olhos. Me concentro. Ouço o som da chuva. Sussuro: Que a chuva caia como uma luva, um dilúvio, um delirio, que a chuva traga alivio imediato! 

Sinceramente? Se ela me ouve eu não sei. Eu apenas sei que o céu cinza já não parece me incomodar tanto! Então corro pra rua, seguro forte nas mãos de quem me disse que a condição de alma não depende da idade física que se tem nesta vida. Sorrio! Danço na chuva com esse ser que me ilumina e que sempre me concede a leveza do sentir. Do viver! Sob a chuva me vem a certeza convicta: Não preciso mais fugir! Não há mais medo ou mesmo dúvidas. Tudo se foi. A idéia de que não tenho mais tempo também partiu.

Me deito. Me acalmo pra sentir o equilíbrio se instalando.
Apago a luz.
Então fecho os olhos e sorrio mais uma vez pra agradecer a Chuva, ao Gessinger e ao Ser que ilumina meus dias e que parece sentir quando eu preciso de um amigo pra me acompanhar em uma revigorante dança na chuva.

Living is easy wiyh eyes closed.


*Ele une as quatro estações, une dois caminhos num só
Sempre que eu me vejo perdido une amigos ao meu redor
Talvez ele saiba de cor tudo que eu preciso sentir
Pedra preciosa de olhar! Ele só precisa existir para me completar.

- | Jorge Vercilo| -