A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Do Lado de Dentro

Mais um pôr-do-sol. A solução tão esperada se tornou uma confusão. A conclusão é que não devemos pedir o que não estamos preparados para receber. Por que não se pode ver chegando? Já vai tomando conta de tudo. Em quantos dias? Mais uma distância imposta. Mais decisões que devem ser tomadas de forma obrigatória.  Escolhas. Façam com que se possa acreditar que é assim que tem que ser. É assim que deve ser. Definitivamente eu não nasci pra amar. O impossível faz questão de estar de frente comigo testando a minha sanidade pra ver se eu não enlouqueço de vez. Confessar? Só se for pra dizer que não é a primeira vez que guardo minhas loucuras pra mim. É só mais um sentimento que ficará guardado como tantos outros que esse coração já escondeu pra ver o mundo feliz enquanto seu próprio mundo se perdia na espera incansável pelo tempo. Pior que ter que admitir pra mim é ter que enxergar isso tão claramente. É necessário fechar os olhos, vendar se preciso. E ainda há quem diga que amar não dói.