A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Me Desculpe, Vou Te Deixar


PRA SEMPRE NÃO É O SUFICIENTE




Me desculpe, vou te deixar.

A confusão está grande demais. Não consigo pensar em mim sem antes pensar em você. Meu medo maior era sair daqui e ver você ficar. No entanto, descobri noite passada que não há nada mais desesperador do que ficar aqui vendo você não me ver.  Decidi com dificuldade abandonar a idéia de fazer você feliz como foi um dia. Decidi retomar os planos que fiz antes de te conhecer, eles vinham em primeiro lugar. Eu definitivamente preciso ir. A história com final feliz não aconteceu pra nós dois. O telefone não tocou apesar da minha espera. Tomei consciência plena que perdi o segundo onde tudo foi mudado com meu explicável “hoje não posso”. Foi esta a última chance certa de aceitar o que você me oferecia.

Eu sei, já fui mais forte, eu poderia ter acreditado mais nos meus sentimentos e tentei, mas não me pareceu mais certo quando você constantemente com educados monossílabos me afastou.  Pra consertar meus erros eu inventei desculpas e então entendi que já não podia mais. Eu perdi você pela falta de sinceridade. Então me desculpe a covardia, o medo, a insegurança, o orgulho, a frieza, a indiferença em não te falar que já amava você, que queria está perto, ouvir você, abraçar e estar em todos os momentos ao teu lado segurando sua mão.

Me desculpe por não contar os planos, por não justificar minhas saídas tempestivas, por não dizer quando você acordou ao meu lado que aquele momento foi o mais perfeito pra mim.  Me desculpe não ter  segurado você, por não ter olhado em seus olhos e passado confiança. Me desculpe pelas incontáveis vezes que dormir chorando com saudade e não tive iniciativa de ligar pra você. Me desculpe por não revelar a intensidade do que sentia e de como largaria tudo se assim você pedisse.  Me  desculpe por não ter tido a força suficiente pra continuar, por sair, por desistir, por ir sem olhar pra trás. Me desculpe por não ter lutado, mas você não me deixou escolhas em minha última tentativa.  Me desculpe por partir levando tudo comigo. Me desculpe por tentar viver sem a esperança de o nós acontecer Enfim, me desculpe mais uma vez pela falta de sinceridade em não pedir essas desculpas a você.


Arrumei as malas e guardei o amor As memórias são areias que o vento do tempo espalha por todo lugar.


"Você não pode me ver, mas você ainda me sente. Eu só vivo em suas memórias. Então deixe-me parar o tempo antes que tudo se torne frio. Os momentos passam e a vida continua. O amor no meu coração nunca termina. E esse pra sempre não mais é suficiente"

Raign - Don't Let Me Go