A Lunática

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Nutricionista. Canta por aí. Escreve sobre o que vë, ouve e imagina. Ela é aquariana, rapaz uma eterna colecionadoras de momentos e de pessoas. Inconstante e com uma personalidade gigante assim como o mar. A diferença é que ela vai, mas não volta.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Diário de Bordo

20 de Junho de 2012

Sabe aquelas viagens loucas e incríveis onde você conhece pessoas inesquecíveis, reencontra pessoas especiais que não via há tempos e com elas vive momentos surreais?? Então, acho que posso definir minha última viagem assim. Com a esperança de me reinventar na mala e um poco de coragem nos pés, sumi! Fui buscar uma vida diferente da qual me acostumei a viver, coloquei as fichas no bolso pra apostar que sim! Que carregaria as baterias e em duas semanas estaria pronta pra retornar.

Com companhias super divertidas me joguei no ar, mergulhei na piscina e senti o sol, ouvi o silêncio que dizia: "É hora de relaxar!" Cantei para o céu e acho que ele me ouviu (risos!) e previu: Esses serão dias felizes! Reencontrei um baterista e um guitarrista de uma das minhas bandas favoritas, pisei pela primeira vez no estúdio que desde os meu 13 anos quis conhecer! E que sensação boa: Ouvi-los tocar depois de tanto tempo! Arranjos e solos, que saudade de tudo isso!

Não sei se vieram pra ficar ou apenas estão a passeio, mas deixei quatro pessoas especiais entrarem em minha vida sem pedir licença. Com eles aprendi a viver, a esquecer, a sorrir sem sentir aquela dorzinha quase sempre indisfarçável, eu comecei uma mudança tão boa! Senti que definitivamente estava deixando para trás as emoções tristes e tudo que as causava. Me senti irrevogávelmente feliz!. 

E nessa viagem também o conheci e ele me lembrou alguém especial.
E eu desejo que ele fique.

Pra fazer minha amiga feliz embarquei em uma aventura a favor da paixão com telefonemas anônimos, com usurpação, timidez, arrependimento, final feliz e tudo que uma bela história de amor tem direito. Nunca mais havia me divertido tanto! Nessa aventura me joguei em meio a uma multidão de gente louca assim como eu, fechei os olhos e pulei, mas pulei muito ao som da Banda Rahvox, e o vocalista? Meu amigo Rafael que também reencontrei! O Rock me faz sentir leve e livre. Cantar alto (Gritar - risos!) em uníssono me leva pra qualquer lugar onde tudo é possível! 

Entrei em um carro na companhia de músicos tão malucos, divertidos e felizes quanto eu! Desembarcamos em um bar estranho com umas luzes estranhas (risos!), conversamos e rimos, em menos de 20 minutos voltamos, afinal ainda teria muito som pra rolar. Para minha alegriaaaa O Rappa baixou ali e eu gritei com alma, corpo e coração: Me deixaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que hoje eu tô de bobeira! Livre, livre livre. Vivendo o que minha idade permite viver!!! E quando meu amigo me dedicou Puro Êxtase do Barão Vermelho, me senti a própria Barbie, Betty Boops com esmalte vermelho, tinta no cabelo e os pés no salto alto (risos! muitos risos!). 

Duas semanas, droga! Passou rápido demais! =) 
Relaxada, bem humorada, apaixonada, feliz, um tanto mudada (E pra melhor!).
Sim, sim, sim, Bateria Carregada, eu estava pronta, melhor, prontissima pra retornar! Home Sweet Home! 

Adrian Silva, Maycon, Dangelo Henrique, Simone, Carlos Araújo, Fabricío, Banda Rahvox em especial Rafael Brito e Railene Gomes: OBRIGADA! Deus é imprevisível em suas ações. Cada minuto que passei com vocês foi i-nes-que-cí-vel! Cada momento, sorriso e as lembranças que vocês me proporcionaram estão guardadas aqui da forma mais carinhosa possível! Foi uma viagem e tanto!!! 

Com os olhos cheios de lágrima por causa da saudade, eu afirmo: Nunca me senti tão feliz! É bom sentir que nada e nem ninguém pode tirar isso de mim. É bom sentir que posso enfrentar tudo. E é bom saber que tenho vocês e que posso contar com cada um. Sempre. Mais uma vez, obrigada. Mesmo.


Dheysse Lima